QUALIDADE DE VIDA NO ESPAÇO PÚBLICO

TRABALHANDO JUNTOS PARA TRANSFORMAR A AV. SANTA CATARINA

sobre

O objetivo do projeto Amigos da Catarina é reunir moradores e comerciantes para, junto com o poder público, melhorar a segurança e o conforto dos pedestres, estimulando a convivência ao ar livre na Avenida Santa Catarina e seu entorno, valorizando a comunidade e o comércio local e ajudando a transformar o espaço público. Os primeiros estudos para criar o projeto começaram há mais de um ano e foram apresentados originalmente à Subprefeitura do Jabaquara e à Associação Comercial de São Paulo – Distrital Centro Sul. A iniciativa surgiu de uma parceria entre o vereador José Police Neto, autor do Estatuto do Pedestre (Lei 16.673/2017), e os escritórios Boldarini Arquitetos Associados e PS.2 Design, que doaram muitas horas de trabalho na preparação e elaboração da proposta. Com base em estudo aprofundado da avenida e seu entorno e inspirados pelo Estatuto, os arquitetos desenvolveram um projeto de ampla recuperação das calçadas e criação de nichos para conforto do pedestre, priorizando sobretudo a segurança de quem circula pela avenida e sugerindo uma atuação conjunta do comércio, criando uma identidade própria para os estabelecimentos locais. A Companhia de Engenharia de Tráfego também teve papel muito importante na avaliação das necessidades da região e apoio técnico. A primeira etapa do projeto, definida com orientação da CET, está em execução na Avenida Santa Catarina, altura da Rua Dr. Djalma Pinheiro Franco.

ESTUDOS
A Avenida Santa Catarina tem diversas características que demonstram sua importância para a região, conforme se pode notar pelos mapas em destaque.

O primeiro mostra a oferta de transporte público. A avenida está destacada sempre pela mancha cinza mais escura. Os pontos de ônibus aparecem em azul e, quanto mais escura a cor dos traços, maior a oferta de linhas de ônibus. Ao longo dela, a Santa Catarina é atendida por 7 a 9 linhas.

O segundo mapa identifica o tipo de equipamento: losangos vermelhos mostram estabelecimentos comerciais; os azuis, educacionais; os verdes, esportivos; os laranja, de saúde; os amarelos, de assistência social e os roxos, feiras livres.

O terceiro mapa identifica os usos predominantes dos imóveis, sendo que as marcações vermelhas mostram imóveis de uso comercial; os roxos, equipamentos públicos; os amarelos, uso residencial de médio e alto padrão; os na cor bege indicam uso misto: residencial e industrial; os na cor laranja, residencial e comercial.

Calçadas amplas
e acessíveis
e travessias
mais seguras

Um dos cruzamentos mais perigosos da região, o entroncamento entre a Avenida Santa Catarina e a Rua Dr. Djalma Pinheiro Franco recebe a primeira intervenção do projeto Amigos da Catarina. Há grande circulação de pessoas e veículos. As travessias atendem a usuários da UBS/AMA Cupecê e do Centro de Educação Infantil Santa Catarina, além de fiéis da paróquia Santa Catarina de Alexandria, moradores do bairro e frequentadores de diversos estabelecimentos de comércio e serviços, como lojas e clínicas odontológicas. 

Com obras em andamento, as calçadas da Avenida Santa Catarina, na altura da Rua Dr. Djalma Pinheiro Franco, serão ampliadas e adequadas para garantir acessibilidade, incluindo a implantação de piso tátil, para a orientação de deficientes visuais. O passeio público vai crescer cerca de 140 m2. Os semáforos serão realocados, assim como as faixas de pedestre, facilitando a travessia e diminuindo a área de exposição das pessoas a risco de atropelamento.

Propostas

Ao longo de toda a sua extensão, a Avenida Santa Catarina não possui praças ou áreas para descanso, oferecendo sombra e conforto para o pedestre. Assim, percorrer a avenida a pé é um desafio, seja pela falta de qualidade e padrão das calçadas, seja pela ausência de equipamentos públicos voltados para descanso. Assim, além da segurança, essa é outra prioridade do projeto Amigos da Catarina: acolher os pedestres em geral, sobretudo os moradores, comerciantes e seus clientes. Isso inclui ações de paisagismo, de modo a ampliar a vegetação nas calçadas onde for possível, sem comprometer a área de circulação.

Padrão aprovado

Se o projeto Amigos da Catarina for implantado por inteiro, todas as calçadas da Avenida Santa Catarina seguirão um padrão que garante acessibilidade e segurança, com piso tátil e adequações de acordo com recente decreto da Prefeitura definindo as regras das calçadas da cidade, além das orientações determinadas pelo Estatuto do Pedestre (Lei 16.673/2017), de autoria do vereador José Police Neto.

NOTÍCIAS

Debatendo com a comunidade

Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt